quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Minha Defesa



 

É curioso como às vezes as pessoas me indagam o porquê de minha solidão; elas simplesmente elogiam meu sorriso aberto, mais não reparam no meu olhar tão profundo, e fico me escondendo nesse disfarce para o resto do mundo. Ando fazendo promessas  que sei que não vou cumprir, me esquivo de olhares, rejeito manifestações de carinho , afasto quem tenta me afagar ,e passo a impressão de sempre estar escolhendo  ou simplesmente eu acho que tenho medo de encontrar.Acabei criando essa defesa por medo de sofrer , por medo de repetir os erros passados , e medos e fantasmas que me perseguem toda as vezes que busco uma nova oportunidade de amar e ser feliz... Não sei se essa  minha defesa vai me levar a algum lugar...Só sei que no momento me sinto sem rumo me decidindo a onde eu quero chegar.



                                                                                                                                                      

3 comentários:

  1. É poeta o senhor sabem bem das coisas.

    ResponderExcluir
  2. Fico muito feliz que tenham apreciado o texto.Grande abraço.

    ResponderExcluir